Conteúdos

“ Matérias exclusivas de diversas áreas e segmentos. Conteúdo com abordagem direta e original, tudo feito especialmente para agradar os leitores mais exigentes! ”

O chá na cultura oriental

No inverno, nada melhor que um chá saboroso para aquecer e aconchegar corações. Considerado a segunda bebida mais consumida no mundo, depois da água, o chá iniciou sua história na China há mais de cinco mil anos e, atualmente, encontra-se espalhado pelos quatro cantos do mundo.

Aqui, no Brasil, somos acostumados a posicionar o chá ao lado da garrafa térmica do café. Não nos preocupamos com rituais ou procedimentos específicos para consumi-lo. Pela manhã, tarde ou antes de dormir, a bebida é bem-vinda em qualquer horário do dia. Em contrapartida, ocupando lugar de destaque na cultura chinesa e japonesa, do outro lado do mundo o chá é protagonista da Cerimônia do Chá, uma prática que une a disciplina espiritual, a tradição oriental e, além disso, aproxima as pessoas por meio da partilha.

hatsugama_big_1600x900ms

Imagem

 

Curioso notar como a cultura interfere no consumo de uma mercadoria. O evento oriental relacionado ao chá era um privilégio dos Sacerdotes. Posteriormente, foi difundido entre toda a Classe Superior. Iniciou-se então o consumo do “matcha”, o chá utilizado na cerimônia.

Em meados do seculo XIV, a produção de chá virou uma atividade comercial. Uji, um distrito próximo a Kyoto foi o local onde mais se produziu especiarias de qualidade, inclusive, até hoje a região é conhecida por ser a maior produtora de chá verde do país. Se algum dia for ao Japão, não deixe de fazer o passeio guiado pela região.

O passo a passo da cerimônia 

Você deve estar se perguntando qual o objetivo de praticar um ritual para o consumo do chá. A Cerimônia do Chá foi desenvolvida com a intenção de criar um momento relaxante entre o anfitrião e seus convidados. Para os orientais, servir o chá trás conexão íntima com com utensílios exclusivos da cerimônia, as pinturas que compõem o ambiente, o arranjo das flores usado na decoração do estabelecimento e tudo aquilo que fizer parte da cerimônia, inclusive as pessoas que ali estão.

Casa de Chá: Situa-se, geralmente, num jardim ou área aberta e compreende uma sala de chá (cha-shitsu), uma sala de preparação (mizu-ya), uma sala de espera (yoritsuki) e um caminho ajardinado (roji). Esta casa localiza-se, geralmente, numa zona arborizada. A decoração do local tente a seguir as mesmas características do local em si, com plantas de mesma origem dos arredores.

 Utensílios: Os principais utensílios são a tigela “cha-wan”, o recipiente para o chá em pó “cha-ire”ou “natsume”, a vassourinha e a concha feitas de bambu (“cha-sen” e cha-shaku”) e o lenço de seda (“fukusa”).

 

d4a9c9001ae59148a579eae46da6d5d5

Imagem

 

Cerimônia: Leva em torno de 4 horas e, habitualmente, homens e mulheres vestem roupas de cores discretas e todos os movimentos têm um significado: Ao servir a primeira chávena de chá ao convidado, o desenho da chávena deve estar voltado para si.

Clique aqui e assista a um vídeo sobre a cerimônia.

 

E ao redor do mundo?

Sabemos que, além das práticas do Oriente, existem diversas formas de servir essa bebida tão querida, confira algumas delas:

 

Inglaterra

Chá preto com leite e açúcar

4.-Inglaterra-Getty-ImagesiS-tockphoto-AntiGerasim

Imagem

 

 

Marrocos

Chá verde com folhas de menta

6.-Marrocos-Flickr-lizziemoch-Creative-Commons

Imagem

 

África do Sul

Chá-vermelho

1.-África-do-Sul-Flickr-60430646@N06-Creative-Commons

Imagem

 

 

Tailândia

Cha yen, que é feito com chá e leite gelado, leite condensado e uma mistura de Tai chai

7.Tailandia-Flickr-soyousay

Imagem

 

Compartilhe: Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+1Email this to someonePin on Pinterest0
Comentários
Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!
Deixe seu comentário

Nome:
Email:
Mensagem: