Conteúdos

“ Matérias exclusivas de diversas áreas e segmentos. Conteúdo com abordagem direta e original, tudo feito especialmente para agradar os leitores mais exigentes! ”

A revitalização do centro de Bauru: Praça Rui Barbosa

Desde que foi fundada, a cidade de Bauru e sua evolução são marcadas pela expansão ferroviária e pela indústria do café vigentes aqui a partir do final do século XIX. Essa história vive atualmente nos resquícios do prédio da Ferrovia Central, nos caminhos de ferro que circundam a cidade e, principalmente, na Praça Rui Barbosa, originalmente chamada de Praça Municipal.

Incialmente, antes que a Praça Rui Barbosa existisse, o local era uma simples área quase plana, sem vegetação, ao redor da qual existia uma capela que fora derrubada em função do prolongamento da rua Batista de Carvalho. Em 1914 surgiu o primeiro projeto paisagístico proposto para a região baseado na ideia do jardim inglês, composto por lagos, caminhos charmosos e grande quantidade de vegetação tanto arbórea como arbustiva. A partir desse momento, o uso do local deixa de ser religioso para voltar-se à apreciação dos elementos da praça, que eram um pouco da modernidade no interior paulista.

workout

Uma vez instalada, a praça era um espaço de lazer para famílias e grupos de amigos, apesar da entrada proibida para negros durante os anos da década de 1930.

Em 1950, algumas adequações se mostraram necessárias. A intensidade de circulação aumentou, fomentando uma reforma para adequar o espaço à nova conjuntura. Além disso, nessa época, a Praça Rui Barbosa perdeu um pouco sua noção como um local de lazer. Dentre as principais mudanças que provocaram a reforma da praça estavam as mudanças tecnológicas do século XX.

Ao longo de 40 anos, entre 1950 e 1990 o local passou ser ponto de prostituição e consumo de drogas, sendo essa deterioração a maior causa do projeto de revitalização discutido nos anos 1990. Atualmente, é exatamente essa questão da segurança que preocupa os usuários da Praça Rui Barbosa.

Desde o ano passado o projeto da revitalização vem tomando força e em fevereiro deste ano as obras enfim começaram. Na praça, serão reestruturados piso, banheiro, quadro de eletricidade e estrutura hidráulica, mas a novidade é que serão instalados bicicletários. O preço da obra é de R$ 566.306,22, sendo R$ 300.00,00 disponibilizados pela União.

 

workout
Outros Aspectos
O projeto, entretanto, abrange outras partes do centro de Bauru além da Praça Rui Barbosa, com reformas no calçadão da Batista de Carvalho e na Estação Ferroviárias. Tendo em mente que hoje a área central de Bauru é responsável por mais da metade dos crimes cometidos na cidade, que ela é composta por prédios velhos, muitos abandonados, e que a área é estritamente comercial, o projeto de revitalização busca atrair moradores novamente para o centro.

workout

No Calçadão, os arcos foram pintados, postes instalados e o próximo passo são câmeras de monitoramento para maior segurança das pessoas. No prédio da antiga estação reformas serão feitas e o local será novamente ocupado, funcionando como sede das secretarias da Cultura e Desenvolvimento. O prazo para a conclusão das obras está previsto para o segundo semestre de 2016.

 

 

Compartilhe: Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePin on Pinterest0
Comentários
Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!
Deixe seu comentário

Nome:
Email:
Mensagem: